Diversas
Prefeito Leonardo Menezes segue decreto de Caiado e Goianésia suspende atividades econômicas não essenciais por 14 dias

Foto: Marcelo Negrão / Revista Os Três Poderes Leo_site_cópia.png

 

Em decisão tomada na manhã de quarta-feira (17), o prefeito Leonardo Menezes (DEM) decidiu que Goianésia seguirá na íntegra o decreto do governador Ronaldo Caiado (DEM), que determinou a volta de revezamento das atividades econômicas no estado para evitar o avanço da Covid-19.

O novo decreto retoma o modelo “14 por 14”: duas semanas de suspensão das atividades econômicas seguidos por outras duas de funcionamento.

 

Enquanto estiverem no período de funcionamento, as atividades econômicas em geral devem seguir “os protocolos expedidos pelas autoridades sanitárias”, sempre com uso de máscaras, deixando disponível álcool gel para funcionários e clientes, além de manter o distanciamento social – continuando proibidas aglomerações.

 

Nesse período de atividades suspensas, o que é considerado essencial deve continuar funcionando normalmente: farmácias; clínicas de vacinação; laboratórios de análises clínicas; estabelecimentos de saúde; hospitais e clínicas veterinárias – mas não estabelecimentos comerciais de insumos e gêneros alimentícios pertinentes à área; cemitérios e serviços funerários; distribuidores e revendedores de gás; postos de combustíveis; supermercados e congêneres – não se incluindo lojas de conveniência; restaurantes e lanchonetes apenas para entrega, pegue/leve e drive-thru – proibido consumo no local; estabelecimentos que atuem na venda de produtos agropecuários; agências bancárias; casas lotéricas; serviços de call center restritos às áreas de segurança, alimentação, saúde e de utilidade pública; atividades de informação e comunicação; escritórios e sociedades de advocacia e contabilidade – mas sem atendimento presencial; fornecedores de bens ou de serviços essenciais à saúde, à higiene e à alimentação;
transporte coletivo e privado, incluindo as empresas de aplicativos e transportadoras; segurança privada; empresas de saneamento, energia elétrica e telecomunicações; assistência social e atendimento à população em estado de vulnerabilidade; obras da construção civil de infraestrutura do poder público; borracharias e oficinas mecânicas; restaurantes e lanchonetes instalados em postos de combustíveis; estabelecimentos que estejam produzindo, exclusivamente, equipamentos e insumos para auxílio no combate à pandemia da Covid-19.

O decreto estipula que todos os estabelecimentos que estiverem funcionando comercializem somente o que é considerado básico, sendo que “os produtos não-essenciais não poderão permanecer expostos à venda ou deverão ser identificados como vedados para venda presencial”.

 
Fábio da Enigma defende que sejam distribuídas senhas para evitar que pessoas passem a noite nas filas de vacinação

Foto: Marcelo Negrão / Revista Os Três Poderesvereador fabio da enigma 03

Observando o fenômeno que está acontecendo atualmente, com pessoas idosas passando a noite dentro de carros na fila para serem vacinadas contra Covid-19, o presidente da Câmara, vereador Fábio da Enigma (MDB), propôs por meio de requerimento de urgência que a secretaria de Saúde distribua senhas no dia anterior ao da vacina.

O objetivo, de acordo com o vereador, é evitar que as pessoas pousem dentro de veículos, à espera do imunizante. “São pessoas idosas, em sua grande maioria com alguma comorbidade. Passar a noite dentro de um carro pode afetar a saúde delas, além de ser algo perigoso”, destaca o parlamentar.

“A logística que proponho é: o grupo que terá direito a vacina amanhã, por exemplo, possa ir hoje ao posto de vacinação e retirar sua senha. Aí vai para casa, pode dormir tranquilamente e só volta amanhã, no horário marcado”, explica.

Fábio foi além e disse que o ideal seria dividir a cidade em quatro regiões, com um local de vacinação em cada uma delas. “Evitaria que se formasse aglomeração e a pessoa iria ao posto mais perto da sua casa para tomar a dose da vacina”, concluiu.

 
Câmara de Vereadores faz repasse de R$ 40 mil para Prefeitura comprar cestas básicas para 600 famílias de Goianésia

Foto: Marcelo Negrão/RevistaOs Três Poderesrepasse_site_cópia.png

O presidente da Câmara Municipal de Goianésia, Fábio da Enigma (MDB) repassou às mãos do prefeito Leonardo Menezes (DEM), na tarde da última terça-feira (23) – durante intervalo da sessão ordinária – um cheque simbólico no valor de R$ 40 mil.

O recurso, que faz parte da economia que o Poder Legislativo realizou desde o início do ano, já está na conta da prefeitura e será usado para a compra de 600 cestas básicas, que serão distribuídas às famílias que estão em situação de vulnerabilidade financeira, por conta dos efeitos da pandemia, especialmente nos últimos dias, com as medidas do lockdown, decretado pelo Governo do Estado e seguido pela prefeitura.

O prefeito esteve acompanhado da secretária de Promoção Social, Igara Castro. “É uma ajuda que vem em muito boa hora. É o que a população de Goianésia precisa neste momento de muita dificuldade, inclusive na área financeira”, disse a secretária.

Falando em nome da Câmara, Fábio da Enigma destacou a união de forças em prol da população. “Goianésia e o mundo vivem um momento muito difícil. Estamos perdendo pessoas próximas. É uma situação muito ruim para todos. Por isso, mais do que nunca é tempo de unir as forças, de trabalhar em parceria”, disse.

“Fizemos uma grande economia aqui na Câmara, um trabalho de todos os 15 vereadores. Estamos conseguindo ajudar a prefeitura com R$ 40 mil, que será usado para comprar cestas básicas para 600 famílias, que estão em momentos de mais dificuldade. É uma forma de amenizar o sofrimento que a comunidade está enfrentando”, concluiu o presidente da Câmara.

O prefeito Leonardo Menezes agradeceu o gesto da Câmara. “É uma felicidade grande receber este ato dos vereadores, um ato que vai ajudar muito a população de Goianésia”, ressaltou.

 
Câmara de Goianésia restringe acesso ao público devido o avanço da pandemia

Foto / Ascom

frente_da_camara_cópia.png

Sensível ao momento pelo qual passa o país, com aumento crescente no número de casos de Covid-19, o presidente da Câmara Municipal Fábio da Enigma (MDB) decidiu em acordo com os demais vereadores realizar as sessões sem a presença de público no plenário.

Vale lembrar que protocolos como obrigatoriedade do uso de máscara, aferição de temperatura, uso de álcool em gel e distanciamento entre os assentos já estão sendo cumpridos há bastante tempo.

Para reforçar esses protocolos, desde a semana passada as sessões estão sendo realizadas apenas com a presença dos vereadores e servidores estritamente essenciais à realização dos trabalhos de plenário.

“É um momento muito difícil para todos. Entendemos que essa é uma forma de termos mais segurança. Continuaremos realizando nosso trabalho normalmente. A população pode acompanhar em tempo real pela internet, na TV Câmara”, explica o presidente. “Se Deus quiser em breve estaremos vencendo essa guerra e tudo voltará ao normal”.

 
Prefeito Renato de Castro reafirma pré-candidatura pelo MDB e partido destitui comissão provisória de Goianésia

Imagem: Marcelo Negrão / Revista Os Três Poderes

renato de castro goianesia

Na noite desta quarta-feira, 26, o prefeito Renato de Castro usou suas redes sociais para confirmar sua pré-candidatura pelo MDB de Goianésia. Durante quase 10 minutos o prefeito fez um apanhado destes quase quatro anos de mandato, dizendo inclusive que com ele o partido cresceu na cidade, se tornando o maior partido da Câmara Municipal.

“É um momento de pré-campanha e os ânimos estão aflorados, mas gosto muito do diálogo, porque acho que é a partir do diálogo que conseguimos construir sempre a saída. Reafirmo aqui minha pré-candidatura, pelo meu partido, pelo MDB. Trabalhei bastante para crescer o partido, hoje é o maior de Goianésia, conta com oito vereadores, pouquíssimas vezes na história um partido teve mais da metade da Câmara”, enalteceu Renato de Castro.

O prefeito relatou ainda que tem conversado bastante com o partido, com os aliados e vereadores. Ele diz acreditar que logo chegarão a um bom termo e apresentando um grande projeto para Goianésia.

Comissão provisória é destituída
Enquanto o prefeito reafirmava a pré-candidatura, o MDB estadual destituía a Comissão Provisória do partido em Goianésia, que até então era presidido por Giovane Machado. Desta forma, todas as tomadas de decisões serão feitas em Goiânia, através do Diretório Estadual, que é presidido pelo ex-deputado federal Daniel Vilela.

O racha no partido fez com que o MDB se aproximasse do PSDB local, e vem sendo costurado uma aliança histórica entre os dois maiores partidos da cidade, que até a eleição passada eram adversários políticos.

 

Fonte: Portal Meganésia com adaptações

 
Prefeitura anuncia antecipação das férias escolares para alunos da rede municipal de Goianésia

Imagem: Marcelo Souza/Revista Os Três Podereseducacao goianesia 3

A prefeitura de Goianésia pulicou nesta quarta-feira, 22, o Decreto nº 8.248/2020 que dispõe sobre a antecipação de férias escolares no âmbito do município, em decorrência da pandemia do novo Coronavírus.

Assim, as férias escolares de julho, dos servidores municipais lotados na secretaria municipal de educação, das escolas e creches públicas municipais, foram antecipadas para o período de 04 de maio a 02 de junho.

0102

 

 

 
Veja Mais >>12345678910

Enquete

Publicidade

picasion.com e3d81bdf5004d6a4b14947d80ca39fc4

correção móveis estrela

ESTEanigif

kisabor

Mais anúncios >>

(62) 8498-5379
(62) 8498-5373

contato@revistaostrespoderes.com.br

apice