Notícias
Dos 17 deputados federais goianos, apenas 3 votaram contra a Reforma da Previdência

Foto: Divulgação 3 deputados goianos são contra a reforma da previdencia

3 deputados goianos são contra a reforma da previdencia cópia

O placar foi de 379 votos a favor e 131 contra, e apenas três deputados federais de Goiás votaram pela não aprovação.

A Câmara dos Deputados aprovou na noite da última quarta-feira (10/7), em primeiro turno, o texto principal da reforma da Previdência. O placar foi de 379 votos a favor e 131 contra, e apenas três deputados federais de Goiás votaram pela não aprovação.

Após meses de debates, impasses e acaloradas discussões, o placar da reforma é considerado folgado, uma vez que eram necessários pelo menos 308 votos (3/5 dos deputados) para aprovação. O projeto ainda pode ser modificado porque os deputados votarão os destaques, que são pedidos feitos por deputados para votar separadamente uma emenda ou parte do texto.

Dos 17 deputados que representam o estado de Goiás na Câmara, apenas 3 se posicionaram e votaram contra a reforma da Previdência. São eles: Elias Vaz (PSB), Flávia Morais (PDT) e Rubens Otoni (PT).

Já os outros, votaram favoravelmente: Adriano do Baldy (PP), Alcides Rodrigues (Patriota), Célio Silveira (PSDB), Delegado Waldir (PSL), Dr. Zacharias (DEM), Francisco Jr. (PSD), Glaustin Fokus (PSC), João Campos (PRB), José Mario Schreiner (DEM), José Nelto (PODE), Lucas Vergílio (SD), Magda Mofatto (PL), Major Vitor Hugo (PSL), Professor Alcides (PP).

Após aprovada em 1º turno, com 14 votos favoráveis de deputados federais de Goiás, veja o que acontece com a reforma da Previdência:

Superados os destaques, que ainda serão votados, a Câmara deve fazer a votação em 2º turno, de novo com a necessidade de 308 votos a favor. São necessárias cinco sessões entre as duas votações, mas o prazo pode ser pulado caso as lideranças entrem em acordo.

Aprovada na Câmara, a proposta é encaminhada ao Senado. O primeiro passo é a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), onde é avaliada a constitucionalidade da reforma, mas não seu mérito.

Aprovada na CCJ, a reforma vai direto para a votação em plenário, onde precisa ser aprovada em dois turnos com os votos de três quintos dos senadores, 49 em 81.

Se os senadores mudarem o texto que saiu da Câmara, a reforma volta para os deputados, que terão de fazer novas votações referendando as alterações.

Aprovada sem mudanças no Senado ou após nova votação na Câmara, a Proposta de Emenda Constitucional da reforma da Previdência é promulgada pelo presidente do Senado, também presidente do Congresso. Com a promulgação, ela entra em vigor imediatamente.

Por: Ton Paulo c/ adaptações

 
Prêmio Top Marketing reconhece empresas, profissionais e personalidades que são destaque em Goianésia

top marketing 2019

 

 

 ...::EMPRESAS VENCEDORAS::...

CARTÓRIO PENHA - CARTÓRIO E TABELIONATO

BETEL CALÇADOS - LOJA DE CALÇADOS

RÁDIO SÃO CARLOS FM - RÁDIO FM

LOJA DOS PARAFUSOS - FERRAMENTAS E PARAFUSOS

ORTODONTISTA - DR. RENATO LEITE GOMES

GOVEL LANTERNAGEM, PINTURA, PARABRISAS E ACESSÓRIOS - LANTERNAGEM E PINTURA

ADVOGADO - DR. JOHNATAN SILVEIRA FONSECA

HIPER FESTA - ARTIGOS PARA FESTAS

POSTO TALISMÃ 2 - POSTO DE COMBUSTÍVEL

LOCUTOR - PAULO ANDRÉ

RESTAURANTE KI SABOR - RESTAURANTE SELF SERVICE

REVISTA OS TRÊS PODERES - REVISTA ELETRÔNICA

LABOR CONSULTORIA CONTÁBIL - ESCRITÓRIO DE CONTABILIDADE

MÓVEIS ESTRELA 2 - MÓVEIS E ELETRODOMÉSTICOS

YR MODAS FASHION - MODA FEMININA

LYZ DECORAÇÃO E INTERIORES - DECORAÇÃO DE INTERIORES

CHURRASCARIA LAGE – CHURRASCARIA

PERSONALIDADE - DR. GILBERTO NAVES

COLÉGIO TERA - COLÉGIO PARTICULAR

WR CAPINHAS E PELÍCULAS - ACESSÓRIOS PARA CELULARES

AMERICAN CALHAS - CALHAS E RUFOS

ODONTOPEDIATRA - DRA. CLISCIA FREIRE

AUTOVIP BRASIL ASSOCIAÇÃO DOS PROPRIETÁRIOS DE VEÍCULOS PESADOS - PROTEÇÃO VEÍCULAR

CLÍNICA FACE - RADIOLOGIA ODONTOLÓGICA

CNA - INGLÊS DEFINITIVO - ESCOLA DE IDIOMAS

FARMÁCIA DO TRABALHADOR - FARMÁCIA E DROGARIA

CORPUS ACADEMIA - ACADEMIA DE MUSCULAÇÃO

BUFFET DINA VILELA – BUFFET

ORTOPEDISTA - DR. JOSÉ MACHADO

CLÍNICO GERAL DENTISTA - DR. MARCELO BRITO

FLORICULTURA TULIPA - FLORICULTURA

HABILIDADE AUTO ESCOLA - CENTRO DE FORMAÇÃO DE CONDUTORES

IN NATURA - REMÉDIOS MANIPULADOS

OFTALMOLOGISTA - DRA. ANNALICE CENTURION

JÚLIO EVENTOS – CERIMONIAL

QUINTA DO MORGADO - VINHOS E ESPUMANTES

RÁDIO BOA NOVA - RÁDIO COMUNITÁRIA

SHOPPING CAR - RODAS E ALINHAMENTO

XAVIER LOCAÇÕES - LOCAÇÃO DE CONTAINERS E EQUIPAMENTOS

 

 
Campanha de vacinação contra a gripe atinge 74% do público-alvo em Goiás; imunização segue até dia 31

Foto: Divulgação vacinação gripe

Campanha prossegue até 31 de maio para imunizar pelo menos 90% das pessoas que integram os grupos prioritários.

A Campanha de Vacinação contra a Influenza, realizada em todo o Estado de Goiás desde o dia 10 de abril já vacinou 74,19% das pessoas que integram os grupos prioritários. Diante desse porcentual, ainda considerado baixo pelas autoridades de saúde, a gerente de Imunização e Rede de Frio da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO), Clarice Carvalho, conclama a população considerada vulnerável a comparecer em um dos postos de saúde localizados em todos os municípios goianos para receber a dose que protege contra os vírus da Influenza (H1N1, H3N2 e B).

A campanha segue até o próximo dia 31. O Ministério da Saúde (MS) considera satisfatória a imunização de pelo menos 90% da população-alvo. Em Goiás, 1.830.408 pessoas integram os grupos elegíveis para a vacinação. Clarice Carvalho destaca que qualquer cidadão que integra um dos grupos e que ainda não recebeu a dose deve comparecer a um dos postos até o final da campanha.

Integram os grupos prioritários estabelecidos pelo MS crianças de 6 meses até 5 anos de idade, gestantes e puérperas (mulheres com até 45 dias após o parto), trabalhadores da saúde, idosos, pessoas que apresentam comorbidades, professores, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional. De acordo com os registros da SES-GO, apenas os indígenas e as puérperas superaram a meta estabelecida para a vacinação. Os demais grupos estão com coberturas abaixo de 90%.

Clarice Carvalho destaca que a Influenza é uma infecção viral aguda que afeta o sistema respiratório. É altamente transmissível e sujeita a se transformar em epidemias sazonais. “A vacina reduz as internações, complicações e mortes decorrentes das infecções pelo vírus da influenza”, acentua.

Cobertura Vacinal - Goiás*
Crianças - 74,09%
Gestantes - 78,79%
Trabalhadores da saúde - 73,81%
Puérperas - 93,51%
Indígenas - 170,23%
Idosos - 88,58%
Professores - 63,27%
Comorbidades - 56,24%
Policiais civis, militares, bombeiros e membros ativos das Forças Armadas - 55,15%
População privada de liberdade - 41,53%
Funcionários do sistema prisional - 63,35%
TOTAL: 74,19%
*Dados preliminares em 23/05/2019, às 12h

 
Veja Mais >>12345678910

Enquete

Publicidade

correção móveis estrela

6 gif

ABSOLOK anigif

ESTEanigif

kisabor

Mais anúncios >>

(62) 8498-5379
(62) 8498-5373

contato@revistaostrespoderes.com.br

apice